Previdência Social

Reforma da Previdência: 7 Perguntas e Respostas

Reforma da Previdência: 7 Perguntas e Respostas

Listamos 7 perguntas e respostas para você entender a Reforma da Previdência proposta pelo Governo Federal.

A Reforma da Previdência tem causado polêmica e receio em muitos brasileiros, principalmente aqueles que ainda não se aposentaram ou que estão bem próximos. Listamos 7 perguntas e respostas para você entender a Reforma da Previdência proposta pelo Governo Federal, assim você tira as suas duvidas e fica por dentro do que está acontecendo em Brasília.

A primeira coisa importante para se entender é: como será feita a Reforma da Previdência? A reforma só pode ser feita através de uma PEC, Proposta de Emenda Constitucional, afinal deverá alterar a Constituição. E após várias conversas e articulações, o Governo Federal chegou a um acordo e um texto final para apresentá-la ao Congresso. Vamos aos esclarecimentos.

Reforma da Previdência Social

Qual a idade mínima proposta na Reforma da Previdência?

O texto da Reforma da Previdência que será apresentada ao Congresso propõe 65 anos para os homens e 62 para as mulheres.

Quais serão as três alterações principais para quem se aposenta pelo INSS?

A proposta de Reforma da Previdência prevê requerer o benefício por idade mínima, por tempo de contribuição, mas com pedágio, ou por meio de um sistema de pontuação que combina idade e tempo de contribuição.

Quanto deve ser economizado com a Reforma da Previdência?

Segundo o grupo econômico do Governo Federal, a Reforma deve trazer uma economia de entre R$ 800 bilhões e R$ 1 trilhão aos cofres públicos em dez anos.

Como vai funcionar a idade mínima de aposentadoria no setor privado?

Como no setor privado não há idade mínima de exigida hoje, mas após a reforma será de mínimo de 56 para as mulheres e 60 para os homens. Durante a transição irá subir 6 meses por ano até atingir 62/65.

Como irá funcionar o sistema de contagem de pontos?

O sistema de contagem de pontos nada mais é que a soma de idade e tempo de contribuição, que começará em 86/96 e vai subir um ponto a cada ano a partir de janeiro de 2020.

Como vai funcionar o pagamento de pedágio de 50%?

O pagamento de pedágio é a possibilidade se aposentar por tempo de contribuição de 30 anos (mulher) e 35 anos (homem) sem idade mínima, com o pagamento de 50% sobre o tempo de contribuição que falta, porem será limitado para quem faltar apenas 02 anos para se aposentar. Por exemplo: Se faltar um ano para se aposentar, terá que trabalhar por mais seis meses para requerer o benefício.

Como fica proposta para os Servidores Públicos?

Os Servidores Públicos terão que cumprir a idade mínima que será de 60 para homens e 55 para mulheres, e vai subindo 6 meses na transição até atingir 65/62.

Márcia Rabelo
Sobre o autor

Graduando em Administração de Empresas pela Universidade Nove de Julho, produtora/editora de textos e artigos para os sites vocênoenem, Clube Detran e i50, além de gerente de vendas no Grupo Barukar E-commerce.
    Posts relacionados
    Previdência Social

    Como vai funcionar a Regra de Transição da Previdência

    Previdência Social

    Reforma da Previdência é aprovada pelo Senado Federal

    Previdência Social

    O que vai mudar com a Reforma da Previdência

    Previdência Social

    Como é Feito o Cálculo do INSS

    Deixe seu Comentário

    avatar