Categorias: FGTS

Novo limite para compra de imóveis com o FGTS

Começa a valer hoje novo limite para compra de imóveis com o FGTS

Começa a valer a resolução do Conselho Monetário Nacional (CMN) que aumentou o limite máximo do valor dos imóveis novos adquiridos por meio do Sistema Financeiro de Habitação (SFH). Até 31 de dezembro deste ano, os mutuários poderão financiar imóveis de até R$ 1,5 milhão, utilizando recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS)

.

Os financiamentos do SFH cobram juros menores que os demais financiamentos do mercado, de até 12% ao ano. Acima desses valores, valem as normas do Sistema Financeiro Imobiliário (SFI), com taxas mais altas e definidas livremente pelo mercado.

Essa foi a segunda elevação do limite nos últimos três meses. Em novembro, o CMN tinha reajustado o teto

de financiamento de R$ 650 mil para R$ 800 mil, na maior parte do país, e de R$ 750 mil para R$ 950 mil no Distrito Federal, em Minas Gerais, no Rio de Janeiro e em São Paulo. O novo teto de R$ 1,5 milhão valerá para todas as regiões do país.

Em nota, o Ministério do Planejamento informou que a medida ampliará o acesso da população às taxas de juros mais baratas e possibilitará a movimentação dos recursos das contas vinculadas do FGTS para o pagamento das prestações.

Como contratar um financiamento através do FGTS

Antes de qualquer ação, é importante simular o seu financiamento. Tendo o imóvel e valor, através da caixa Econômica Federal simular os valores de entrada, parcela e quanto tem disponível de FGTS. É necessário encaminhar a documentação exigida para o financiamento.

Após analisar a sua documentação, A Caixa irá dispor das condições, se será possível o valor do FGTS, prestação e demais assuntos relevantes ao financiamento. Após a provação, a caixa terá que avaliar o imóvel, formular o contrato para a sua assinatura final.

Você poderá utilizar o seu FGTS para:

  • Utilizar como entrada no financiamento;
  • Amortizar o saldo devedor;
  • Pagar até 80% do valor da prestação;
  • Liquidar o saldo devedor.

É importante procurar uma agência da Caixa para tirar todas as suas dúvidas antes de qualquer coisa, assim evita futuras dores de cabeça.

Deixe um comentário

Posts Recentes

Quem irá receber o Auxílio Emergencial 2021

A continuação do pagamento do Auxílio Emergencial foi confirmada após votação na Câmara Federal, e… Leia mais

2 meses atrás

Megavazamento de Dados de Brasileiros

Nos últimos dias fomos surpreendidos com a notícia de que mais de 223 milhões de… Leia mais

3 meses atrás

Conheça o programa Casa Verde e Amarela

Conheça o programa que irá substituir o Minha Casa Minha Vida. Além das condições diferenciadas… Leia mais

4 meses atrás

Governo vai pagar 4ª parcela do Auxílio Emergencial

Foi confirmado pelo Presidente Jair Bolsonaro, o pagamento da 4ª parcela do Auxílio Emergencial pago… Leia mais

4 meses atrás

Aplicativo CAIXA Tem

Para acessar a funcionalidade do saque sem cartão, a CAIXA liberou uma nova versão do… Leia mais

2 meses atrás

Pagamento da 2ª Parcela do Auxílio Emergencial

A CAIXA divulgou o calendário de pagamento da 2ª parcela do Auxílio Emergencial, que terá… Leia mais

4 meses atrás