Previdência Social

Mudanças de Idade e Contribuição na Nova Previdência

Mudanças de Idade e Contribuição na Nova Previdência

Como fica a partir de agora com as mudanças de idade e contribuição na Nova Previdência

Afinal, o que vai mudar de fato com a Proposta da Nova Previdência? Essa pergunta ainda rodeia milhares de pessoas que não entenderam todos os pontos da reforma e estão com dúvidas sobre como fica a partir de agora com as mudanças de idade e contribuição na Nova Previdência.

A PEC, Proposta de Emenda à Constituição, aprovada pela Câmara em primeiro turno no último dia 10 de julho, prevê resumidamente a mudança de idade mínima, tempo de contribuição e alíquota de acordo com salário.

Vejamos no quadro abaixo, essas mudanças:

Idade Mínima para se aposentar

  • 65 homens
  • 62 mulheres

Tempo mínimo de contribuição

  • 15 homens – (A regra de idade mínima equivale a 60% da média salarial)
  • 15 mulheres – (A regra de idade mínima equivale a 60% da média salarial)

Trabalhador Rural

  • 60 homens
  • 55 mulheres

OBS.: Tempo de contribuição mínimo de 15 anos.

Para receber o valor integral, a contribuição deverá ser de 35 anos mulheres e 40 anos homens. Quem tiver o tempo mínimo terá o aumento desde valor na idade mínima de 2% para cada ano de contribuição até o teto de 40 homens e 35 mulheres. Já o valor será a média de valores de todas as contribuições pagas.

Alíquota do desconto mensal

Regime Geral (INSS)

  • Até um salário mínimo: 7,5%
  • De um salário mínimo a R$ 2.000: 9%
  • De R$ 2.000 a R$ 3.000: 12%
  • De R$ 3.000 até o limite do INSS (atualmente R$ 5.839,45): 14%
  • Não haverá cobrança adicional nas faixas salariais acima do teto do INSS.

Regime Próprio (Servidores públicos federais)

  • Para quem recebe até um salário mínimo: 7,5%
  • De um salário mínimo a R$ 2.000: 9%
  • De R$ 2.000 a R$ 3.000: 12%
  • De R$ 3.000 ao teto do INSS (R$ 5.839,45): 14%
  • Do teto a R$ 10.000: 14,5%
  • De R$ 10.000 a R$ 20.000: 16,5%
  • De R$ 20.000 a R$ 39.000: 19%
  • Acima de R$ 39.000: 22%

Tabela de transição para quem já está se aposentando

AnoHomensMulheres
201961 anos56 anos
202061,5 anos56,5 anos
202162 anos57 anos
202262,5 anos57,5 anos
202363 anos58 anos
202463,5 anos58,5 anos
202564 anos59 anos
202664,5 anos59,5 anos
202765 anos60 anos
202865 anos60,5 anos
202965 anos61 anos
203065 anos61,5 anos
203165 anos62 anos

Para atingir 100% do benefício, homens terão que contribuir por 40 anos e mulheres, 35, tendo a idade mínima de 65 homens e 62 mulheres. Para quem já é aposentando nada muda, pois trata-se de direito adquirido.

Márcia Rabelo
Sobre o autor

Graduando em Administração de Empresas pela Universidade Nove de Julho, produtora/editora de textos e artigos para os sites vocênoenem, Clube Detran e i50, além de gerente de vendas no Grupo Barukar E-commerce.
    Posts relacionados
    Previdência Social

    Como vai funcionar a Regra de Transição da Previdência

    Previdência Social

    Reforma da Previdência é aprovada pelo Senado Federal

    Previdência Social

    O que vai mudar com a Reforma da Previdência

    Previdência Social

    Como é Feito o Cálculo do INSS

    Deixe seu Comentário

    avatar