Categorias: Notícias

Governo vai pagar 4ª parcela do Auxílio Emergencial

Governo Federal confirmar pagamento da 4ª parcela do Auxílio Emergencial

Foi confirmado pelo Presidente Jair Bolsonaro, o pagamento da 4ª parcela do Auxílio Emergencial pago para informais e MEIs. Além disso, o presidente informou que a 5ª parcela também poderá ser liberada, mas ainda precisa combinar com o Ministro Paulo Guedes. Segundo o presidente, os valores dessas parcelas extras seriam reduzidos em relação as demais, ou seja, a 4ª será de valor abaixo do valor atual de R$ 600, e a 5ª menor que a 4ª.

Em entrevista a rádio Jovem Pan, Bolsonaro declarou: “Conversei com o Paulo Guedes que nós vamos ter que dar uma amortecida nisso aí. Vai ter a quarta parcela, mas não de R$ 600. Não sei quanto vai ser, R$ 300, R$ 400. E talvez tenha a quinta, talvez seja R$ 200 ou R$ 300. Até para ver se a economia pega”.

O Governo expressa grande preocupação com a disponibilidade dos valores e a busca pelos recursos para mantê-los: “Não podemos jogar para o espaço mais de R$ 110 bilhões, que foram gastos dessa forma, isso vai impactar a nossa dívida no Tesouro, e para ver se a economia pega.” Disse o presidente.

O valor da 2ª parcela começou a ser pagos no começa da semana, sendo liberado de  acordo com o mês de nascimento de cada beneficiário.

Confira aqui o Cronograma do Auxílio Emergencial

1 – Beneficiários do Bolsa Família conforme terminação do Número de Identificação Social (NIS)

NIS terminado em: Data do saque:

1

18 de maio

2

19 de maio

3

20 de maio

4

21 de maio

5

22 de maio

6

25 de maio

7

26 de maio

8

27 de maio

9

28 de maio

0

29 de maio

2- Beneficiários de poupança digital da Caixa somente para operações digitais:

Data de nascimento:

Recebem em:

Janeiro e Fevereiro

20 de maio

Março e Abril

21 de maio

Maio e Junho

22 de maio

Julho e Agosto

23 de maio

Setembro e Outubro

25 de maio

Novembro e Dezembro

26 de maio

3- Beneficiários de poupança digital da Caixa para operações de saque:

Data de nascimento:

Data do Saque:

Janeiro

30 de maio

Fevereiro

1 de junho

Março

2 de junho

Abril

3 de junho

Maio

4 de junho

Junho

5 de junho

Julho

6 de junho

Agosto

8 de junho

Setembro

9 de junho

Outubro

10 de junho

Novembro

12 de junho

Dezembro

13 de junho

Todos receberão pelo aplicativo Caixa Tem

Diferentemente da primeira parcela, onde os valores podiam ser depositados na conta poupança indicada no cadastramento, a partir dessa segunda parcela o pagamento será através do Caixa Tem para todo os beneficiários. O saque e a transferência serão liberados somente a partir de 30 de maio de acordo com o mês de nascimento, mas pagamentos online podem ser feitos normalmente.

Aplicativo CAIXA Tem

Para fazer o saque sem cartão é preciso utilizar o código gerado no seu celular pelo aplicativo CAIXA Tem. Caso o cliente não consiga emitir o código para saque (token) através do app CAIXA Tem, poderá se dirigir a uma agência para obter auxílio. O app está disponível para download nas lojas Android e iOS.

Saiba como se cadastrar no aplicativo CAIXA Tem

​Os cidadãos que receberem o Auxílio Emergencial pela Poupança Social Digital CAIXA acessam o benefício pelo aplicativo CAIXA Tem. O recebimento é automático e é possível realizar pagamentos e transferências eletrônicas pelo aplicativo, não há necessidade de ir às agências.

Quem pode receber o Auxílio Emergencial

O benefício é destinado a cidadãos maiores de idade sem emprego formal, mas que estão na condição de trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI) ou contribuintes da Previdência Social. No entanto, o projeto PL 873/2020

do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), aprovado pelo Congresso e já transformado na Lei 13.998, de 2020, autorizou também o pagamento para mães menores de 18 anos.

Ainda de acordo com as regras, para recebimento do benefício é necessário ter renda familiar mensal inferior a meio salário mínimo per capita ou três salários mínimos no total e não ser beneficiário de outros programas sociais ou do seguro-desemprego.

Para cada família beneficiada, a concessão do auxílio fica limitada a dois membros, de modo que cada grupo familiar pode receber até R$ 1.200.

Já em relação aos beneficiários do Bolsa Família, eles são os únicos que não excluem a possibilidade de receber o repasse. Nesse caso, quando o valor do auxílio for mais vantajoso para uma família inscrita no Bolsa Família, o benefício o substituirá automaticamente enquanto durar essa distribuição de renda emergencial.

Fonte: Agência Senado

Ampliação de beneficiários do Auxílio Emergencial

No decreto assinado pelo Presidente Jair Bolsonaro, o pagamento do Auxílio Emergencial será ampliado para mães menores de 18 anos. Outras medidas foram vetadas pelo presidente como o benefício para profissionais informais que não estão inscritos no Cadastro Único.

Márcia Rabelo

Graduando em Administração de Empresas pela Universidade Nove de Julho, produtora/editora de textos e artigos para os sites vocênoenem, Clube Detran e i50, além de gerente de vendas no Grupo Barukar E-commerce.

Deixe um comentário

Posts Recentes

Conheça o programa Casa Verde e Amarela

Conheça o programa que irá substituir o Minha Casa Minha Vida. Além das condições diferenciadas… Leia mais

3 semanas atrás

Aplicativo CAIXA Tem

Para acessar a funcionalidade do saque sem cartão, a CAIXA liberou uma nova versão do… Leia mais

5 meses atrás

Pagamento da 2ª Parcela do Auxílio Emergencial

A CAIXA divulgou o calendário de pagamento da 2ª parcela do Auxílio Emergencial, que terá… Leia mais

6 meses atrás

Pagamento da Segunda Parcela do Auxílio Emergencial

Quem está acompanhando o noticiário vêm diariamente, pessoas nas filas das agencias da Caixa Econômica… Leia mais

6 meses atrás

Auxílio Emergencial ainda em análise

Muitos trabalhadores estão preocupados com a situação pendente de análise das suas solicitações do Auxilio… Leia mais

5 meses atrás

Regularizar o CPF para receber o Auxílio Emergencial

O Auxílio Emergencial já começou a ser pago pelo Governo Federal, mas algumas pessoas tiveram… Leia mais

7 meses atrás