Categorias: FGTS

Governo Libera Saque do FGTS, PIS e PASEP

Governo libera saque do FGTS, PIS e PASEP, confirma presidente Bolsonaro

Durante sua viagem à Argentina, o presidente Bolsonaro anunciou que o governo irá liberar o saque do FGTS para dar uma pequena “injeção” na economia. O anúncio será feito ainda essa semana e inclui também o saque do PIS e PASEP. A declaração foi feita pelo presidente na cidade de Santa Fé, na Argentina, onde participou nesta quarta do encontro da cúpula dos chefes de Estado do Mercosul.

Como vai funcionar saque do FGTS liberado pelo governo federal?

Segundo o Ministro da Economia, Paulo Guedes, a liberação do FGTS, PIS e PASEP, significa uma inserção de mais de 63 bilhões de reais no mercado, sendo 42 bilhões com os saques do FGTS e outros R$ 21 bilhões com os do PIS-Pasep. Essa liberação pretende contemplar as contas ativas e inativas do FGTS, porém o governo ainda não bateu o martelo nessa decisão. O presidente Bolsonaro ainda irá decidir a medida provisória adotada que determina as regras de saques, juntamente com a equipe econômica de Paulo Guedes. O que se sabe é que a proposta prevê que o saque chegue a 35% do saldo.

A medida encontra opiniões divergente em relação aos seus benefícios, Marcel Solimeo, economista da ACSP (Associação Comercial de São Paulo), diz que a medida ajudará a estimular a economia. “É uma medida emergencial, que já funcionou no ano passado e deve funcionar novamente. É um alívio econômico momentâneo enquanto medidas mais estruturais não surtem efeito”, afirmou ao site Metrô Jornal. Já vice-presidente de Habitação Popular do Sinduscon-SP, Ronaldo Cury, em declaração divulgada pela UOL, acredita que isso poderá fomentar o consumo e poderá colocar em risco a sustentabilidade do fundo no longo prazo.

O que é o FGTS, PIS e PASEP?

O FGTS é um Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, onde o trabalhador tem depositado nessa conta mensalmente o correspondente a 8% do seu salário, com o intuito de proteção, caso o trabalhador venha a ser demitido sem justa causa.

O PIS, Programa de Integração Social, é um abono pago aos trabalhamos da iniciativa privada, e são contribuições sociais de natureza tributária, devidas pelas pessoas jurídicas, com objetivo de financiar o pagamento do seguro-desemprego, abono e participação na receita dos órgãos e entidades para os trabalhadores públicos e privados. Já o PASEP, Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público, é pago a servidores públicos por meio do Banco do Brasil.

Márcia Rabelo

Graduando em Administração de Empresas pela Universidade Nove de Julho, produtora/editora de textos e artigos para os sites vocênoenem, Clube Detran e i50, além de gerente de vendas no Grupo Barukar E-commerce.

Deixe um comentário

Posts Recentes

Conheça o programa Casa Verde e Amarela

Conheça o programa que irá substituir o Minha Casa Minha Vida. Além das condições diferenciadas… Leia mais

2 meses atrás

Governo vai pagar 4ª parcela do Auxílio Emergencial

Foi confirmado pelo Presidente Jair Bolsonaro, o pagamento da 4ª parcela do Auxílio Emergencial pago… Leia mais

6 meses atrás

Aplicativo CAIXA Tem

Para acessar a funcionalidade do saque sem cartão, a CAIXA liberou uma nova versão do… Leia mais

6 meses atrás

Pagamento da 2ª Parcela do Auxílio Emergencial

A CAIXA divulgou o calendário de pagamento da 2ª parcela do Auxílio Emergencial, que terá… Leia mais

7 meses atrás

Pagamento da Segunda Parcela do Auxílio Emergencial

Quem está acompanhando o noticiário vêm diariamente, pessoas nas filas das agencias da Caixa Econômica… Leia mais

7 meses atrás

Auxílio Emergencial ainda em análise

Muitos trabalhadores estão preocupados com a situação pendente de análise das suas solicitações do Auxilio… Leia mais

6 meses atrás