Categorias: Notícias

Como fazer o pedido do Auxílio Emergencial do Coronavoucher

Veja o passo a passo para solicitar o Auxílio Emergencial do Coronavoucher

O Governo Federal já disponibilizou o sistema para a solicitação do pedido de Auxílio Emergencial referente ao Coronavoucher na manhã desta terça. Veja o passo a passo para solicitar o Auxílio Emergencial do Coronavoucher e quem terá direito a receber o valor de R$ 600.

O cadastro poderá ser feito pelos seguintes endereços disponíveis:

Para se inscrever basta inserir o nome completo, CPF, data de nascimento e nome da mãe. Será solicitado também número do celular para envio do código de verificação.

Poderá se inscrever no coronavoucher quem estiver dentro dos critérios abaixo:

  • Maior de Idade: ser maior de 18 anos de idade
  • Não ter emprego formal: destinado para trabalhadores autônomos com rendas informais
  • Não ser beneficiário: não receber benefício previdenciário ou assistencial, seguro-desemprego ou de outro programa de transferência de renda federal que não seja o Bolsa Família;
  • Renda familiar: renda familiar mensal per capita (por pessoa) de até meio salário mínimo (R$ 522,50) ou renda familiar mensal total (tudo o que a família recebe) de até três salários mínimos (R$ 3.135,00);
  • Rendimentos Tributáveis: não ter recebido rendimentos tributáveis, no ano de 2018, acima de R$ 28.559,70;
  • Exercer as seguintes atividades: exercer atividade na condição de microempreendedor individual (MEI) ou ser contribuinte individual ou facultativo do Regime Geral de Previdência Social (RGPS) ou ser trabalhador informal inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico);
  • Renda média: ter cumprido o requisito de renda média até 20 de março de 2020.

O trabalhador deve ler e estar de acordo com os critérios pré-estabelecidos no programa e aceitar que as informações sejam verificadas pelo órgão. Será enviado via SMS um código para validação da inscrição. Segundo o site da caixa, o código será enviado dentro de um prazo de 10 minutos e será válido por 4 horas para a confirmação.

Quem já estava cadastrado no CadÚnico até 20 de março, receberá sem precisar se cadastrar no site da CAIXA. Quem já recebe o Bolsa Família, poderá receber o Auxílio Emergencial, desde que este lhe seja mais vantajoso, ficando suspenso o Bolsa Família durante este período.

IMPORTANTE: O cadastro somente deverá ser feito nos canais oficiais da Caixa Econômica Federal. Em caso de dúvida entre em contato com o telefone 111, disponibilizado pela Caixa para esclarecer dúvidas dos trabalhadores. Não forneça dados pessoais fora destes canais.  Fiquem atentos ao aplicativo correto, pois nas lojas do Google e da Apple existem vários outros com o nome semelhante. Prestem atenção na imagem do aplicativo correto.

Márcia Rabelo

Graduando em Administração de Empresas pela Universidade Nove de Julho, produtora/editora de textos e artigos para os sites vocênoenem, Clube Detran e i50, além de gerente de vendas no Grupo Barukar E-commerce.

Deixe um comentário

Posts Recentes

Conheça o programa Casa Verde e Amarela

Conheça o programa que irá substituir o Minha Casa Minha Vida. Além das condições diferenciadas… Leia mais

3 semanas atrás

Governo vai pagar 4ª parcela do Auxílio Emergencial

Foi confirmado pelo Presidente Jair Bolsonaro, o pagamento da 4ª parcela do Auxílio Emergencial pago… Leia mais

5 meses atrás

Aplicativo CAIXA Tem

Para acessar a funcionalidade do saque sem cartão, a CAIXA liberou uma nova versão do… Leia mais

5 meses atrás

Pagamento da 2ª Parcela do Auxílio Emergencial

A CAIXA divulgou o calendário de pagamento da 2ª parcela do Auxílio Emergencial, que terá… Leia mais

5 meses atrás

Pagamento da Segunda Parcela do Auxílio Emergencial

Quem está acompanhando o noticiário vêm diariamente, pessoas nas filas das agencias da Caixa Econômica… Leia mais

5 meses atrás

Auxílio Emergencial ainda em análise

Muitos trabalhadores estão preocupados com a situação pendente de análise das suas solicitações do Auxilio… Leia mais

5 meses atrás